Temperatura ideal para vinhos Tintos…

Quando se fala em temperatura de vinhos sempre usamos uma média; mas você sabia que cada tinto tem uma temperatura diferente para ser servido?

Se você ficou curioso, está na hora de esquecer a tal de “temperatura ambiente” e ler esse artigo até o fim.

Como assim? Cada Vinho tinto uma temperatura diferente?

Calma…vamos partir do princípio…

Devemos ter em mente que a temperatura ideal para cada tipo de tinto serve para que possamos tirar o máximo do que a bebida pode nos oferecer, sendo que um vinho muito quente ou gelado pode ter seu sabor e aromas mascarados na hora de bebê-lo.

Por que isso acontece?

São vários os fatores que fazem o vinho não liberar todo o seu potencial não estando na temperatura correta…

Devemos servir vinhos tintos sempre em temperaturas mais altas, se estiverem muito gelados, podem apresentarem uma certa aspereza por conta dos taninos realçados, outro fator é que os tintos têm um peso molecular maior, então em temperaturas elevadas os aromas se escondem fazendo com que a bebida perca a graça.

Todos nós sabemos que o vinho tem a capacidade de ativar ou inibir nossas papilas gustativas, sabemos também que em baixas temperaturas elas tem a sensibilidade reduzida.

Resultado: Vinho tinto servido muito gelado e nada de sabor no paladar.

Você já experimentou um vinho e só sentiu o álcool? Pois é, aí está outro fator de temperatura incorreta, acima de 20°C o álcool predomina pois evapora com mais facilidade. Em temperaturas baixas demais também acontece do seu vinho perder a doçura se estiver, pois o açúcar é evidenciado em temperaturas altas.  

Mas afinal, qual a temperatura correta para servir meu tinto?

Para quem ama uma tabela, fizemos uma que com certeza vai ajudar muito na hora de servir seu vinho.

12° a 14 °CTintos ligeiros e leves. Exemplos: Beaujolais Noveau, Bardolino, Barberas D’Asti,Vin du Pays, Valpolicella, Chinon
14° a 16°CTintos de pouco a médio corpo. Exemplos: Zinfandel, cotes du Rhone genéricos, Chianti comum
16° a 18°CTintos mais macios. Exemplos: Vinhos tintos de Malbec, Cabernet, Pinot noir  do Novo Mundo,Porto Ruby ou Tawny,Rhone
18°CGrandes tinto e vinhos de guarda. Exemplos: Bordeaux, Borgonha, Barolo,Supertoscanos,Portugueses e Espanhóis,Madeira,Brunello

No Brasil, principalmente no verão é raro não ter que resfriar um vinho, caso você não tenha adega climatizada ou termômetro de vinhos o ideal é colocar seu vinho num balde com gelo, para os grandes tintos dez minutos é o suficiente.

Caso seu vinho esteja muito gelado, utilize a técnica de chambré, ou seja, deixar seu vinho aquecer a temperatura ambiente no local em que será bebido. Outra opção é colocá-lo perto de lareiras ou aquecedores por pouco tempo.

Dica Empório Winiarski

Se a temperatura ambiente for relativamente alta (> 24°C) deve-se servir os vinhos cerca de 1ºC a menos do que aquela normalmente indicada, uma vez que o vinho irá esquentar rapidamente em contato com o copo.

O importante é fazer do ato de deixar seu vinho na temperatura correto um ritual prazeroso que vai acrescentar sabor e aromas na sua degustação.

Texto escrito por Noema Uthman

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *